Dói.. E precisa doer

Dói e precisa doer

Dói quando os sonhos dão errado.
Dói quando o amor não é correspondido. 
Dói quando você se entrega demais pro outro e não há reciprocidade. 
Dói quando os caminhos se atropelam e a força de continuar se dissipa em meio aos desapontamentos. 
Dói. E precisa doer. 
O que seria da vida se não houvessem os atos falhos que nos despertam pro que realmente importa? 
Já parou para pensar no tanto de energia que você deposita em história que não te acrescenta? 
No quanto que você é sugado em energias egoístas que só te levam a paz embora e como recompensa te deixam com a desordem de quem não é forte o bastante para encarar os próprios medos e as próprias limitações? 
Já parou para pensar no tanto de sonhos que você deixa de realizar pelo excesso de pitaco de quem não ousa olhar pro lado porque o cômodo basta e preenche?
Já reparou no tanto que você desperdiça resmungando ao invés de encontrar maneiras de solucionar os problemas? 
Perdemos tempo demais dando importância pro que não nos mantém de pé. 
Fazemos de opções nossas maiores prioridades e por vezes não percebemos. 
A dor nos edifica. Nos chacoalha pra vida.
É uma forma sútil de acordar e resgatar o tempo perdido.

‎Marcely Pieroni Gastaldi‬