Um filme de amor

Feliz Ano Velho - Marcelo Rubens Paiva

Eu estava vivendo então uma coisa inédita na vida: um filme de amor. 
Nunca até então tinha desejado que o mundo se acabasse e que somente nós sobrevivêssemos. 
Criar um castelo de areia, coroar Marina rainha do meu reino. 
Colocar uma coroa de conchas na sua cabeça, um colar de algas no pescoço,
 fazer um juramento de fidelidade ajoelhado sob os seus pés. – Te amo.

 (Feliz Ano Velho - Marcelo Rubens Paiva)