O amor é paciente

O amor é paciente, é benigno;  o amor não procura seus próprios interesses,  não se ressente do mal.  Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.  O amor jamais acaba.    (I Coríntios 13)

O amor é paciente, é benigno;
 o amor não procura seus próprios interesses, 
não se ressente do mal. 
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
 O amor jamais acaba.

  (I Coríntios 13)